Equipamentos Avançados em Holter e MAPA
Científico

Pergunta e Respostas

Esta seção "Perguntas e Respostas em MAPA" está a cargo de médicos especialistas na área e está aberta a todos os interessados neste método diagnóstico. As perguntas podem ser encaminhadas por e-mail.

Décio Mion Jr. e Fernando Nobre e está aberta a todos os interessados neste método diagnóstico. As perguntas podem ser encaminhadas por e-mail.

Também serão apreciados os comentários vindos dos médicos que quiserem acrescentar alguma idéia ou eventualmente discordar das opiniões apresentadas, possibilitando que a seção venha a ser também um fórum de debates em MAPA para utilização de todos. Você também pode mandar o relatório de um caso que achar interessante para ser discutido, com ou sem a sua impressão diagnóstica.
Clique nos números e aprecie as Perguntas e Respostas correspondentes:
  • Perguntas de A


      01. É recomendável a colocação de proteção entre a braçadeira e o braço para se fazer a MAPA?

      02. MAPA ainda é um exame de alto custo?

      03. A MAPA pode ser feita em crianças e adolescentes?

      04. Como identificar um aparelho apropriado para a realização de MAPA?

      05. O que é Normotensão do Avental Branco?

      06. Quais são as possíveis complicações para o paciente durante a realização da MAPA?

      07. Qual a importância e o valor prognóstico da variabilidade da PA na MAPA?

      08. Existe tendência atual de considerar como valores normais de PA os inferiores a 135 x 85 em vez de 40 x 90. Isso é considerado também para a MAPA? Qual seria a carga pressórica desejável?

      09. Tem diferença de valor prognóstico a falta de descenso noturno da PA em diabéticos em relação aos não-diabéticos?

      10. Que critérios poderiam ser considerados em forma diferente na MAPA de diabéticos? Valores de PA, variabilidade, descenso noturno, cargas pressóricas, etc? (Isto devido ao fato do diabetes ser um fator de risco a mais).
      .

  • Perguntas de A

      11. Quais são os critérios de eficácia terapêutica anti-hipertensiva pela MAPA?

      12. Existe Normotensão do Jaleco Branco, assim como Hipertensão do Jaleco Branco?

      13. Nos pacientes com hipotensão postural qual é o valor da análise da PA nas posições deitada, sentada e em pé em relação à MAPA?

      14. Como definir picos tensionais? Quantas medidas, em quanto tempo e com que nível de variação entre elas e as medidas precedentes e subseqüentes?

      15. Como avaliar a eficácia das drogas hipotensoras pela MAPA? Seria a volta ao padrão do normotenso?

      16. Qual o valor prognóstico da ausência de queda pressórica noturna na MAPA? Existe duferença entre a ausência da queda da PAS e da PAD?

      17. Deve-se provocar terapeuticamente a queda noturna da pressão arterial?

      18. Nas III Diretrizes para o uso da MAPA observa-se a recomendação de fazer constar no relatório final, sobre Picos Tensionais. Há, entretanto, uma questão: Num exame onde a pressão diastólica, por exemplo, está permanentemente elevada e somente algumas medidas sistólicas se elevam com características de Pico Tensional, deve ser relatado Pico Sistólico?

      19. Para avaliar a eficácia terapêutica, o que é melhor: a carga pressórica ou as médias das pressões sistólicas e diastólicas?

      20. A presença de Fibrilação Atrial (FA) pode levar a um aumento da variabilidade pressórica na MAPA, levando a conclusões irreais?
      .

  • Perguntas de A

      21. A abordagem terapêutica da hipertensão predominantemente diastólica é diferente da hipertensão sistólica ou da combinada?

      22. A MAPA pode ser feits nos finais de semana e feriados?

      23. Para realizar a MAPA há diferenças em se usar equipamentos oscilométricos ou auscultatórios?

      24. Qual o melhor índice para avaliar a eficácia anti-hipertensiva em 24 horas: T:P ou Smoothness Index?

      25. A MAPA pode contribuir no controle dos pacientes hipertensos em regime de hemodiálise?

      26. Quais são os critérios de normalidade para a MAPA em crianças?

      27. A MAPA pode ser feita em indivíduos com arritmias complexas como, po exemplo, a Fibrilação Atrial?

      28. Quais são os critérios de normalidade para a MAPA em pacientes idosos?

      29. A MAPA pode auxiliar na avaliação dos pacientes com Angina Pectoris?

      30. Como é o comportamento normal da pressão arterial nas 24 horas?
      .

  • Perguntas de A

      31. Os pacientes que têm hábito da sesta podem ter a média de pressão das 24 horas significativamente reduzida?

      32. A ocorrência de níveis baixos de pressão sem sintomas caracteriza hipotensão pela MAPA?

      33. Há diferenças entre instalar o equipamento para MAPA pela manhã ou à tarde?

      34. Quais são os critérios de normalidade pela MAPA, para grávidas?

      35. As dimensões do manguito tem, na MAPA, a mesma importância que nas medidas casuais?

      36. A dor no membro onde está colocado o manguito, freqüentemente referida nos pacientes com níveis muito elevados de pressão submetidos a MAPA, pode ser um risco para a realização do exame?

      37. A colocação do equipamento de MAPA por um técnico ou pelo médico pode determinar diferenças nos resultados?

      38. O custo da MAPA é uma limitação ao seu uso clínico?

      39. No idoso é comum a Hipertensão do Avental Branco?

      40. Qual é a prevalência de Normotensão do Avental Branco - comportamento da pressão anormal pela MAPA e normal no consultório?
      .

  • Perguntas de A

      41. Hipertensão do Avental Branco deve ser tratada?

      42. Qual a conduta em relação à Normotensão do Avental Branco?

      43. Há Hipotensão sem sintomas, pela MAPA?

      44. Qual o nível de normalidade para os valores de pressão obtidos pela MAPA, para crianças?

      55. Há relação entre ausência de descenso vigília-sono e pré-eclampsia?

      46. O achado de comportamento normal da pressão em 24 horas pode excluir a presença de feocromocitoma?

      47. Pacientes podem sofrer ação indesejável decorrente do equipamento em uso na MAPA de 24 horas com elevação da pressão?

      48. Equipamentos de MAPA podem sofrer influência de hiato auscultatório na medida da pressão?

      49. Como proceder com os pacientes que têm braços com diâmetro muito grande e comprimento pequeno (em cunha)?

      50. Há evidências de melhor correlação entre os valores de pressão obtidos pela MAPA com lesões em órgãos-alvo que com as medidas casuais?
      .

  • Perguntas de A

      51. O hiato auscultatório pode interferir com as medidas de pressão pela MAPA?

      52. Para os pacientes que não apresentam descenso durante o sono, porém não são hipertensos há evidências de pior prognóstico?

      53. Há limitações para a realização da MAPA em crianças?

      54. As cargas pressóricas têm reais limitações como parâmetro para avaliar o comportamento da pressão em 24 horas?

      55. Quais são as principais indicações para a MAPA?

      56. Que valores deveriam ser considerados como normais na MAPA?

      57. Há maior probabilidade de lesões em órgãos-alvo em indivíduos normotensos "non-dippers"?

      58. A posição do braço durante a medida de pressão pela MAPA tem importância?

      59. A administração de um medicamento anti-hipertensivo de dose única diária pela manhã ou à noite poderá modificar o descenso vigília-sono?

      60. Tendo em vista a correlação de lesões de órgãos-alvo com a elevação da Pressão do Pulso, quais os valores considerados normais, bem como quais as estratégias para diminuí-la?
      .

  • Perguntas de A

      61. No caso de Normotensão do Avental Branco, sem lesões de órgãos-alvo, deve-se tratar ou não o paciente? Não há risco de hipertensão sustentada?

      62. Não seria melhor modificar o termo "Hipertensão do Avental Branco" por "Hipertensão em estado de alerta"?

      63. O que significa pseudo-hipertensão ? Qual a sua freqüência ?

      64. Comportamento da pressão avaliada pela MAPA nos dias da semana, nas segundas e sextas-feiras, há diferenças?
      .


Av. Paulista, 509 - 1º andar - CEP 01311-910 - Paraiso - São Paulo / SP - Tel: 3883-3030

Web |