Equipamentos Avançados em Holter e MAPA

3º Prêmio


 

 

 

3º Prêmio Cardios em Eletrocardiologia não-Invasiva
 
20º Congresso Brasileiro de Arritmias Cardíacas - 2003 
 
Uso da polissonografia com análise da variabilidade da freqüência cardíaca na síncope neurocardiogênica 
 
 
Fátima Dumas Cintra, Dalva Poyares, Angela Y Matsui, Denise M Araujo,

Guilherme Demarchi, Angelo A V de Paola
 
 
Introdução:  
O sono REM é um estado onde ocorre uma modulação autonômica especial. O objetivo é determinar alterações no sistema nervoso autônomo que pudessem refletir em uma maior susceptibilidade ao desencadeamento do reflexo vasovagal, em pacientes com síncope neurocardiogênica (SNC).
 
  
Materiais e métodos: 
Foram estudados 37 pacientes e 16 controles. Foi realizada a polissonografia (PLS), com monitorização pelo sistema holter. A análise da variabilidade foi realizada: 1) domínio do tempo nas 24 horas; 2) domínio da freqüência em  2 intervalos de 5 minutos correspondentes ao maior sono REM e NÃO REM. O índice de variação simpática (IVS) foi definido como: LF REM-LF NÃO REM. 
 
Resultados:
 
A análise nas 24 horas não mostrou diferença. A análise durante o sono encontra-se na tabela abaixo: 
 
   

 

 

 


 

 

 

Conclusão: 
A PLS com análise da variabilidade da FC mostra supressão simpática em pacientes com SNC. 
 



Av. Paulista, 509 - 1º andar - CEP 01311-910 - Paraiso - São Paulo / SP - Tel: 3883-3030

Web |